Vem aí FC tuga!

sem-tc3adtulo

Comandante Serralves
Despojos de Guerra
Autores: Ana Ferreira / Carlos Silva/ Inês Montenegro/ Joel Puga/ Rui Leite / Vitor Frazão
Género: Ficção Científica: space opera
Revisão: Mariana Teixeira
Capa de Ana Silva Monteiro
Visitem o site da Imaginauta

Bem-vindos ao projecto Serralves! Há quase um ano, o Carlos Silva abordou-me com os seus contos do Serralves e do seu worldbuild. Queres escrever um conto? Nunca escrevi FC pura, you know, aliens, mundos novos. A minha experiência de FC é muito steampunk e tudo que seja punk. Por isso fiquei super feliz pelo convite do Carlos Silva e foi uma honra estar ao lado dos meus amigos da Corte de Norte: Rui Leite e Inês Montengro. Estive no Central Comics Fest  a apresentar com o resto da malta a antologia e foi estranho falar para as pessoas sobre o conto sem elas o terem lido. O conto apesar de pequeno tem a sua densidade e é para ser lido com calma e sem pressa. Já tenho um conto de erótica publicado e agora um de FC 🙂 Aos poucos, com as oportunidades que me vão dando, começa-se a trilhar um caminho e a criar uma identidade literária própria.

Para quem estiver curioso deixo a sinopse geral e dos contos individuais, tentem adivinhar qual o conto que pertence a quem!

synopsisbutton

Esta é a Era da Aliança Humana. Uma nova ordem Mundial forjada a sangue e fogo pela necessidade de unir os povos da Terra para derrotar uma invasão alienígena.
Não, esta não é a estória dessa guerra. Essa já nos foi contada e recontada pela FC desde os seus primórdios. Esta é a estória do que veio depois.
São tempos de paz, união, desenvolvimento, abundância e colonização do sistema solar. No entanto, tudo tem um preço e nem todos estão dispostos a aceitar o sacrifício da liberdade e da cultura de cada povo em troco deste futuro unido sobre uma única égide. E ninguém se rebela mais que o vulpino, grandíloquo e questionável Comandante Serralves. Armado com umas quantas “prendas” deixadas pelos derrotados invasores e na companhia de um caótico imbróglio de aliados, o perigoso rebelde garantirá que o poder estabelecido nunca tenha uma noite de sono descansada.
Na tradição das clássicas space operas, “Comandante Serralves – Despojos de Guerra” é um universo aberto escrito a seis mãos. O que começou como um modesto conto e um protagonista-conceito simples, floresceu em complexidade e novas perspectivas ao ser expostos aos talentos (e consideráveis neuroses) de um grupo de jovens escritores.
Uma aventura espacial excitante e intrigante que promete apelar a todos os leitores.

Métodos de Evasão – O Comandante foi capturado e levado para o coração do império, onde longe da sua tripulação e da sua nave, está à mercê dos seus inimigos. Porém, como em tudo em Serralves, nem tudo é o que parece, e ele tem uma surpresa guardada para quem o interroga.

Sinais – Das minas marcianas às selvas do Vietname há segredos que podem derrubar a Aliança. Infelizmente, na ambição para descobri-los, Serralves por vezes esquece-se que também tem muito a esconder…

Dogson – Na juventude, Dodgson disponibilizara o corpo para se tornar um Serralves em potencial. Os anos e a experiência, no entanto, alteraram-lhe a vontade e os ideais, fazendo-o temer pelo destino que lhe poderá levar a existência repentinamente e sem aviso…

Despojos de Guerra – Na confusão de um contra-ataque a uma tripulação de piratas espaciais, os olhos de Serralves reconhecem uma arma alienígena.
De onde veio ela? Haverá mais? Quem mais tem conhecimento da sua existência?
Uma corrida contra o tempo num dos planetas mais inóspitos do Sistema Solar.

Das Eigentum – Um pahoehoente resiste na Terra. Para nós, estes aliens quase destruíram o nosso planeta, contudo o Comandante Serralves irá descobrir um outro lado do inimigo.

A Guerra Esquecida – Após uma batalha espacial, Serralves acorda, com um novo corpo, num local gelado e desolado. Não se trata, porém, de um planeta distante, mas de um ponto remoto da Terra onde fará descobertas que mudarão para sempre os livros de história.

Static Falls – Serralves e Emily partem numa missão diplomática à recém-descoberta colónia de “Static Falls” onde tudo parece ter parado em meados do século XX. No entanto, nas entranhas daquela estranha comunidade, escondem-se terríveis segredos que poderão significar o fim do Comandante.

Novidades Saída de Emergência

image002Histórias dos Sete Reinos
GEORGE R. R. MARTIN
Tradução de Jorge Candeias

Chancela: Saida de Emergência
Coleção: BANG
Data 1ª Edição: 04/07/2014
ISBN: 9789896376420
Nº de Páginas: 336

Leia as primeiras páginas aqui

Uma obra composta por 3 contos passados cerca de 100 anos antes do início da saga e que ajuda a compor e a entender melhor o mundo criado por George Martin.
– O Cavaleiro de Westeros
– A Espada Ajuramentada
– O Cavaleiro Mistério

PDF do artigo: O regresso a Westeros; as aventuras de Dunk & Egg por Safaa Dib

Sinopse
Cerca de cem anos antes de A Guerra dos Tronos, um cavaleiro desafia as leis dos Sete Reinos…

Nos últimos dias do reinado do Rei Daeron, com os Sete Reinos em paz e a dinastia real Targaryen no seu apogeu, conhecemos a história de um jovem escudeiro de nome Dunk que parte em busca de fama e glória num dos mais famosos torneios de Westeros.

Mas ele desconhecia que o destino pode pregar estranhas partidas e que o caminho para a honra e nobreza em Westeros está ladeado não só de perigos, mas também de amizade e coragem. Quando conhece Egg, um rapaz misterioso e inteligente, mal sabe que os laços estreitos que forma com ele irão mudar a sua vida para sempre.

Com “Histórias dos Sete Reinos” George R. R. Martin transporta-nos para o mundo fascinante e repleto de intrigas de Westeros, com a mesma mestria com que escreveu a sua obra-prima: “A Guerra dos Tronos”.


Florbela, Apeles e eu
VICENTE ALVES DO Ó

Chancela: Chá das Cinco
Data 1ª Edição: 18/07/2014
ISBN: 9789897101090
Nº de Páginas: 288

Sinopse
Um romance intenso e inspirado no filme de sucesso do autor

Florbela Espanca casa pela terceira vez. É mulher, nora, irmã, filha, amiga. É tudo, menos poeta. Vive entre a realidade de Matosinhos e a ficção de uma outra existência que abandonou no papel. E todos os dias se questiona, todos os dias é real na sua guerra privada entre aquilo que os outros querem e aquilo que ela ambiciona. É neste intervalo mágico e possível que o autor se revela.

É neste período entre o casamento com o Doutor Lage e a morte do irmão Apeles que tudo acontece, numa viagem ao mais íntimo poema de uma mulher que viveu fora do corpo, fora do género, acima do chão, rasgando a condição e tentando sempre encontrar uma verdade que nunca chegou. Ou será que chegou? Nesta viagem iniciática, Florbela, Apeles e o autor questionam tudo ou questionam a existência pura do sonho e da vida – como se todos nós fossemos feitos do desejo, da dor e dessa constatação trágica de não saber viver.


Em Agosto, autores portugueses

Isabel, a Condessa Cercada
PEDRO L. TORRES

Chancela: Saida de Emergência
Data 1ª Edição: 08/08/2014
ISBN: 9789896376604

Sinopse
Um obscuro desejo de conquista no deserto africano do Sultão.

No início do séc. XVI, a expansão portuguesa avança sobre as praças mouras do norte de África, conquistando importantes posições do inimigo. Arzila, grandiosa praça costeira, recebe então um novo capitão, o Conde de Redondo, a quem o Rei D. João III, anos mais tarde, concedeu grandes louvores pelos seus serviços.

Mas como conseguiu este conde resistir aos cercos de um inimigo muito mais numeroso e ainda tomar posições pelo deserto fora? A razão ainda hoje é um mistério, mas rezam as rónicas que o conde gozava de boas relações com um alcaide mouro que entrava sorrateiramente na praça portuguesa.

Com base neste fragmento verdadeiro da História de Portugal, Pedro Torres desenha uma ficção que revela as motivações das misteriosas visitas, o jogo perturbante de paixões e intrigas por detrás das impossíveis conquistas portuguesas. Um jogo doce, elaborado pelas mãos de uma condessa portuguesa, na terra violenta e sensual dos Xarifes…


Desculpe Sr. Nobel
MARIA HELENA VENTURA

Chancela: Saida de Emergência
Data 1ª Edição: 08/08/2014
ISBN: 9789896376291
Nº de Páginas: 304

Sinopse
Uma história de traição e perda, mas também de esperança por um recomeço onde menos se esperava

Joana Cabral Cid, jornalista e investigadora forense, viaja até Estocolmo quando a Academia Sueca se prepara para anunciar o vencedor do Nobel da Literatura. O motivo: tentar descobrir quem matou Thomas Moonland, o grande candidato ao cobiçado prémio.

Depois de se encontrar com a psicóloga criminal Klara Drottning, que investiga o estranho homicídio, Joana vê-se envolvida numa investigação paralela e privada. Rapidamente mergulha num clima de insegurança que contraria a imagem idílica que sempre tivera de Estocolmo.

Ainda fragilizada pelo fim da única relação séria da sua vida, Joana procura um colega que conhecera na capital sueca, Kendryck O´Brien. Precisa desse apoio para diluir o medo que sente pela sua vida e, quem sabe, descobrir a teia de conspiração por trás do homicídio.

Mas quando ninguém é quem parece ser, e tão longe da segurança a que se habituou em Portugal, Joana mergulha numa espiral de traição e perda, mas também de esperança por um recomeço onde menos se esperava.

Chloe By Design: Making the Cut

Image
(ARC copy given by NetGalley)
Author: Margaret Gurevich
Publishing House: Stone Arch Books
384 pages
Publication:  1st July 2014
Review by Lady Entropy

For viewers that love Project Runway comes a series that puts fashion at the forefront. 16-year-old Chloe Montgomery has always loved everything to do with fashion. Clothes, accessories, designing–she knows it all. And when she finds out Teen Design Diva, a new reality series for aspiring teenage designers, is holding auditions in her town, she’s desperate to win a spot on the show. She knows this is her chance to finally get her designs noticed. But before Chloe can realize her dreams, she has to survive the competition.

I have to confess I liked the designs a lot more than I liked the story, but I suspect that was because of problems with pacing. Chloe was endearing and passionate and so I was, obviously, rooting for her to win, so my few issues with this book came not from the characters but rather how it was organized.

It’s possible that this book would have worked better if split into two, allowing for the first part to be Chloe preparing for the competition, and the second being the competition itself — instead, whatever little conflicts there were, they had to be diminished because the “big payoff” was still to come. Plus, the competition section felt incredibly rushed through, with multiple challenges happening on top of each other, characters being shipped off in hordes and with flimsy excuses to reach as quickly as possible to the top three – even if the book is 400 pages long and a good chunk of it was dedicated to the competition.

Plus, Nina, who was the closest thing to a villain, was barely a villain — the worst thing she did was steal a hemline cutter — and it was so very easily replaced that it wasn’t even a challenge. There were was no conflict, no drama other than the main character stressing constantly with “Can I make this”. She doesn’t change, she doesn’t grow that much. And that is a huge pity because Chloe is likeable, has a good relationship with her mother and her friends and the rest of her family.

Still, maybe the next book will come out and we’ll see Chloe at her internship and the book will feel less rushed.

The Secret Diary of Lizzie Bennet: Remakes Done Right.

Image

(ARC given by NetGalley)
Author
: Bernie Su and Kate Rorick
Publishing House: Touchstone
400 pages
Publication:  24th June 2014
Review by Lady Entropy

A modern adaptation of Jane Austen’s Pride and Prejudice based on the Emmy Award-winning phenomenon, The Lizzie Bennet Diaries.

When rich, handsome Bing Lee comes to town, along with his stuck-up friend William Darcy, things really start to get interesting for the Bennets—and for Lizzie’s viewers. Suddenly Lizzie—who always considered herself a fairly normal young woman—was a public figure. But not everything happened on-screen. Luckily for us, Lizzie kept a secret diary.The Secret Diary of Lizzie Bennet

provides more character introspection as only a book can, with revelatory details about the Bennet household, including Lizzie’s special relationship with her father, untold stories from Netherfield, Lizzie’s thoughts and fears about life after grad school and becoming an instant web celebrity.


This book is the companion book to the NetSeries (on Youtube) The Lizzie Bennett Diaries — which I had watched and loved. This is a modern retelling of Pride and Prejudice, which, as a book and love story, I never particularly was a fan of, but I couldn’t help but ADORE in the video format. Maybe it was the actresses, maybe it was the writing, the fact is that I loved it, and this book helped to fill some of the gaps. Obviously that 5 to 10 minutes episodes were limited in scope, so the writers had to cut out quite a lot and just leave the strictly necessary — between episodes there was often a jump of several days or even weeks, and Lizzie would give a quick description of what had happened and move on — plus, there was always the awareness that she was talking to “real people” so it was easy to guess the character would hold back and keep some things secretive. Especially at the end of the story when her sister’s reputation is in danger, she keeps some details secret as the subject is clearly private and sensitive, so the audience is left to mostly guess what happens.
But this book presents the perfect reason to fill in the gaps, to add small details and make the main narrative awesomer. Lizzie has a quick wit, and she doesn’t try to make herself look good – she’s as critical to herself as to anyone else.

On the one hand, I admit, it kills off a bit of the mystique, on the other hand it does clarify and presents some awesome plot points, so I am glad I read it. Plus, it dubs very well as a stand-alone book, and a modern retelling of Pride and Prejudice whether or not you have watched the WebSeries.

Still, I would recommend this to anyone with a sense of humour or who loves Jane Austen — and I would also recommend picking up the WebSeries to watch while you read — it’s free, after all, and definitely worth it.

Deadly Curiosities: The Human, the Gay Best Friend and the Vampire

Image

(ARC given by NetGalley)

Author: Tim Waggoner
Publishing House: Angry Robot
464 pages
Publication:  24th June 2014
Book 1 of the Deadly Curiosity Series
Review by Lady Entropy


Welcome to Trifles & Folly, an antique and curio shop with a dark secret. Proprietor Cassidy Kincaide continues a family tradition begun in 1670—acquiring and neutralizing dangerous supernatural items. It’s the perfect job for Cassidy, whose psychic gift lets her touch an object and know its history. Together with her business partner Sorren, a 500 year-old vampire and former jewel thief, Cassidy makes it her business to get infernal objects off the market. When mundane antiques suddenly become magically malicious, it’s time for Cassidy and Sorren to get rid of these Deadly Curiosities before the bodies start piling up.

This book is a decent Urban Fantasy romp: girl with some powers needs to rely on stronger friends and allies to solve problems, while still remaining useful. It has several creature types, some truly scary and poignant moments, and manages to wrap it all up without making a mess of itself.

Unfortunately, I read it right after another, alas, far superior Urban Fantasy book so I couldn’t but be left with a sense of “meh” at the end. I am sure I would have thought far better of this book were it not for the unfortunate timing.

I can say it works very well as a light read, with a refreshing character who’s not supposed to be all-powerful or a bitch, that is not desired by all men that she comes across. She was sensible, smart, and a good person who (almost never) fell into the Too Stupid To Live category.

My pet peeve was the Sassy Gay Best Friend, who I felt was such a specimen of perfection and awesomeness (great cook, appreciates the arts, incredible smart, expert armed and unarmed fighter, with magical powers that dwarfed the heroine, incredibly attractive, sensitive and thoughtful to his lover) that I wondered why weren’t we reading the story from his point of view, instead. It felt that the writer was trying to compensate for something, or she was so afraid to be dismissed for writing a “bad” gay character that she had to heap all the awesomeness on him to protect herself.

And also, our adventurers tended to rely too much on magical artefacts to get themselves out of problems. No, literally, there is a “suit up” scene. I couldn’t but help feel that, in the process of increasing the stakes, the writer wound up coming up with a threat that the heroine simply couldn’t sort.

Funnily enough, the side and minor characters (like clockman and the hunter) wound up being my favourites and I would have liked to know more about them.

Comecem a salivar meninas: novidades QE para Junho

250_9789897261282_roma_40_DC

Roma 40 D.C.
ADELE VIERI CASTELLANO
428 páginas

Preço: € 15.9
O fascínio da Roma antiga ganha vida num romance de tons sedutores e misteriosos.

Roma 40 d. C. Gaio Júlio César Germânico, Calígula, é imperador. Marco Quinto Rufo é o segundo homem mais poderoso de Roma. Lívia Urgulanila tem um passado para esquecer. Ele é um homem endurecido pela floresta germânica, bonito e forte, que não conhece o medo ou limites. Ela é uma aristocrata refinada e arrogante cujo destino já está escrito.
Mas os deuses decidiram de outra forma e quando Rufo a toma para si, não imagina remotamente as consequências do seu gesto. Roma não é uma província onde tudo, incluindo raptar uma mulher, é permitido. E mesmo que o próprio Calígula decida dar-lha, conquistar o coração de Livia irá ser a tarefa mais difícil e temerária que Rufo já empreendeu.
Irá Lívia entregar o seu coração a um homem cruel que não hesita diante de nada? Continue reading

Coolbooks: objetivos – obras – reflexão

A Coolbooks é uma chancela digital do Grupo Porto Editora.

coolbooks

Criada em 2014, a Coolbooks pretende dar a conhecer novos autores de língua portuguesa, privilegiando, para esse efeito, a edição digital.

O crescente número de dispositivos móveis tem contribuído para o desenvolvimento de novos hábitos de leitura; e é tendo no horizonte a ideia de que o futuro da edição passa também pelo digital que a Coolbooks surge, transpondo para este universo um trabalho editorial de qualidade e que é indispensável para a descoberta e a promoção de novos nomes da nossa literatura.

O catálogo da Coolbooks é generalista e constrói-se, dia a dia, a partir de um trabalho criterioso de seleção e edição. É desta forma que a Coolbooks vai levar o trabalho dos novos autores a leitores de todo o mundo, aproveitando as singulares potencialidades das tecnologias da comunicação e libertando-se dos espartilhos próprios da distribuição de livros em papel. Continue reading

Feitiço – Sylvia Day

Título: Feitiço
Autores: Sylvia Day
Tradução: Cláudia Ramos
Págs: 216
PVP: 15,50 €

SINOPSE
Max Westin: a personificação da sensualidade. Victoria podia até cheirá-la e senti-la assim que ele se aproximava. Tudo nele era brutal e  determinado. Uma criatura primitiva, tal como ela.  Max segurou a mão dela de forma intensa e a sua respiração ofegante e excitante deixou bem clara a sua intenção de a possuir, de a domar.
“Victoria.” O nome dela, uma só palavra, foi entoado com tamanha possessividade que ela quase sentiu a coleira à volta do pescoço
“Está na tua natureza”, murmurou ele. “O desejo de seres possuída.”
Neste jogo do gato e do rato, tudo parece uma ilusão mas a paixão é  muito real.

IMPRENSA

Entre o excitante enredo e as sensuais cenas de sexo, os leitores de Feitiço ficarão a querer sempre mais.
RT Book Reviews

Excitante, agressivo e profundamente sensual (…) uma leitura que não vai desapontar os fãs de Sylvia Day.
Library Journal

A História de Portugal em Romances

sdehistoria

 

900 anos de histórias, contadas pelos
melhores romancistas históricos

Venha descobrir a História de Portugal, não no tom pesado  dos historiadores, mas pela pena inspirada dos grandes  romancistas. Nove séculos e um mapa-mundo inteiro  são a tela desta coleção, pintada de aventura e coragem,  tragédia e desonra, mas sempre com uma alma bem maior  do que um pequeno país poderia almejar.

A primeira coleção do género
Esta é uma coleção única devido à sua temática exclusiva: a História de  Portugal. Com elevada qualidade literária e um design apelativo, pretende  convidar o leitor ao colecionismo. Continue reading

Uma Noite no Expresso do Oriente

Uma Noite no Expresso do Oriente
Veronica Henry
Ficção Estrangeira

Há uma nova vida apenas a um bilhete de distância

Livro

O Expresso Oriente. Luxo. Mistério. Romance.

Para o grupo de passageiros que se instala nos seus lugares e bebe os primeiros goles de champanhe, a viagem de Londres até Veneza é mais do que a viagem de uma vida.

Uma missão misteriosa; uma promessa feita a um amigo moribundo; uma proposta inesperada; um segredo que remonta a vida inteira… Enquanto o comboio segue viagem, revelações, confissões e encontros amorosos têm lugar no cenário mais romântico e infame do mundo. Continue reading

Blog stats

NetGalley Wellness Challenge

July 2017
M T W T F S S
« Apr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Goodreads

Livro do mês

Follow Illusionary Pleasure on WordPress.com

IL Buttons