Vencedora do Passatempo SdE: Mulher solteira procura vingança

Bom dia, depois de muito reflectir e analisar as respostas, decidimos que o justo vencedor do passatempo Mulher solteira procura vingança foi a …. Filipa Monteiro (16):

A melhor vingança é… castigá-lo pelas pequenas coisas… o tampo da sanita no ar… a pasta de dentes espremida até ao fim, apenas com um bocadinho e sem nova embalagem no armário…. o copo do café em cima da mesa sem a base de protecção… o rolo de papel higiénico com a última folhinha e eu já atrasada… para estas recomendo a vingança número 3, que consiste em pés bem fresquinhos nas costas (atenção, gelo pode ser usado).
Castigá-lo pelas médias coisas: quando diz “essas calças já te ficaram melhor… se calhar encolheram…”; Quando diz: “Esqueci-me de ir levar o lixo, podes ir tu?”; Quando refere: “Este arroz está mesmo bom, mas o da minha mãe…”; Há dois anos que temos um quadro para pendurar mas, quando a vizinha de cima lhe pede algo nesse sentido, ele vai a correr (sim, ela tem um enorme par)… para estas, recomendo a vingança número 47, que consiste em sujar uma camisa com batom, ir ao encontro dele e perguntar-lhe com um ar furibundo “ONDE É QUE ESTIVESTE ONTEM À NOITE?!? E COM QUEM???” e vê-lo com um ar amedrontado, confuso e a desfazer-se em desculpas, lavando a loiça dessa noite e prometendo aspirar no próximo fim-de-semana.
Castigá-lo pelas grandes coisas… vestir-me com um vestido que sei que ele adora, aparecer-lhe à frente e ele dizer… “Sai lá da frente que está a dar o Benfica”; Limpar o histórico do nosso computador e verificar que os últimos sites visitados são: “naughthy nuns”, “french maids” e “Big bodacious boobs”; Marco um jantar especial para comemoração do nosso aniversário e ele…. esqueceu-se.
Para estas coisas, a melhor vingança é a número 666 ou mais conhecida como “O dia em que a malagueta pensou que era um supositório”, e, para esta ser executada, tem de haver uma certa preparação.
Um duche inesperado e sensual, de preferência numa manhã calma e em que ele espera grandes coisas… umas festinhas e dizeres doces… não será difícil após isto.
Dependendo do grau de gravidade e do bom senso de cada uma, aplicar segundo as doses diárias recomendadas (nota importante: não mais do que 3 malaguetas por ano).

Um e-mail foi enviado à vencedora.
A todos os que tentaram mas não conseguiram uma dose de crueldade tão grande, está a decorrer um passatempo no blogue Os livros nossos onde podem ser bonzinhos (mas isso não tem piada nenhuma).

Advertisements

About Adeselna Davies

Occasionally works as an English and German teacher, also loves to read all kind of books and wish someone would pay her to read and write reviews forever. She is also a magazine designer and writes short-stories.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog stats

NetGalley Wellness Challenge

April 2014
M T W T F S S
« Mar   May »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Goodreads

Livro do mês

Follow Illusionary Pleasure on WordPress.com

IL Buttons

%d bloggers like this: