Do céu, com amor

Do céu, com amor
Michelle Holman
Quinta Essência
408 páginas
Lido em ebook
Publicado em Abril de 2013

Do céu, com amor é uma leitura breve, intensa que satisfaz o leitor e transmite valores e mensagens bonitas através de personagens cativantes, situações engraçadas e diálogos repletos de humor.

A atribuição de quatro estrelas a livros de chick-lit não é muito comum neste blogue, no entanto a obra de Michelle Holman merece todos esses pontos. São raros os livros que têm uma protagonista feminina tão rica, cuja relação amorosa é ao mesmo tempo terna e sensual. Holman tem uma escrita simples adequada ao género com vocabulário característico da Nova Zelândia, dando uma componente mais regional ao discurso. A escrita neste caso foi essencial para a fluidez da leitura com um ritmo narrativo sem qualquer falha e é aqui que muitos livros chick-lit falham: ou são demasiado curtos sem tempo para aprofundar uma relação, ou engonham com repetições dos pensamentos das personagens.

Lisa é uma mulher simples, não muito atraente mas com uma personalidade cativante. Após um acidente, Lisa vai para uma sala de espera no céu. A mulher que chocou contra ela, Linda, uma mulher bastante desagradável, começa a mandar vir e George, uma espécie de anjo sabe que vão mandar a criatura de voltar para a Terra, no entanto George tem um plano para a adorável Lisa e manda o seu espírito de volta para o corpo de Linda para poder ter uma segunda chance. Contudo, o marido de Linda (um pediatra), já não confia na mulher e trata-a com distância. Lisa fica confusa e aos poucos tenta recomeçar a sua vida.

O aspecto positivo das personagens é que não é tudo preto no branco: Lisa tem uma língua afiada, de vez em quando lá explode de raiva, mas é isso que gostamos nela; o marido é um homem calmo, afável mas que devido ao passado de Linda e as suas traições deixa de confiar na mulher. É fantástico quando o marido vê Lisa a pegar numa cerveja e beber a ver um jogo de raguebi (quando a sua mulher não tocava em bebidas alcoólicas) ou quando Lisa manda-o “apanhar no cú” por ele ter sido um idiota com ela. Linda é a personagem mais dúbia. Com um passado terrível, não chega a ser bem uma vilã, mas mais uma antagonista, cuja presença como personagem principal nem é necessário. Os seus erros marcam os protagonistas mesmo estando ela morta e ausente. Ainda assim entende-se que a sua infância com pais alcoólicos, dislexia profunda tenham tido nela uma influência negativa. O que o leitor não perdoa é a sua personalidade marcada pelas aparências e completamente oca, que causa sofrimento ao seu querido marido.

Esta segunda oportunidade serve para as personagens aprenderem que o amor cura tudo (seja psicológico ou físico); que é possível encontrar felicidade depois de mito sofrimento e, por ultimo que que devemos largar o passado e lutar por um presente e futuro melhor sem esses fantasmas. De certa forma, os bons são recompensados depois de terem aprendido a lição e os maus têm o que merecem.
Estou ansiosa para o livro do Glenn e da Sherry!

Depois de uma colisão frontal entre um elegante carro desportivo e um utilitário, um anjo bondoso faz uma troca na sala de espera do Céu. Uma professora baixinha, temperamental e amante de râguebi recebe uma segunda oportunidade e encontra-se no corpo de uma americana alta, deslumbrante e promíscua. Tem um marido rico e lindo de morrer que parece ter acabado de sair de um romance -, mas por uma razão qualquer, não suporta sequer olhar para ela. Ela pensa que enlouqueceu, e se contar a alguém as pessoas saberão que isso é verdade… e irão interná-la. E ela não pode fugir e esconder-se: tem uma perna partida.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s