Tidy Sunday

WARNING – há um momento Lily Caneças algures!

Let me check my pulse! Ah yah ainda estou viva, yeey! Esta semana foi demoníaca, vou fazer um exorcismo qualquer para que esta corra muito melhor, e também na sexta-feira dia 11 não haverá tidy porque… vão ser os meus anos! E eu não estarei muito viva…


Malta do Norte (Porto e arredores), dia 19 (Sábado) às 17.00 haverá apresentação da antologia “Amores contados” na Casa de Barbot em Gaia. Para quem vem de comboio (de Guimarães, Braga, Penafiel, etc) poderá apanhar o metro em Campanhã e trocar de linhas na Trindade para a linha D que sai em General Torres e o edifício é mesmo ao lado. Para quem vem de metro (again linha D – amarela) poderá sair em General torres.
As opiniões desta semana:
A fórmula do amor | ASA
A travessia | PORTO EDITORA
Amores contados | ALFARROBA EDIÇÕES

Previsões de 2015 para os livros:

Porquê 2015? Porque achamos que as previsões para 2014 seriam demasiado fáceis e como gostamos de um bom desafio pegamos nas cartas de tarot e decidimos nós próprios fazer as previsões paras as editoras.
Previsões para as editoras tradicionais:
Calma, ninguém vai morrer! A morte indica o fim de um ciclo e mudanças. As editoras irão sempre estar em mudança. Algumas irão tentar apostar em autores portugueses, outras em e-books, mas todos sabemos que nada irá durar.
Por outro lado, as editoras tradicionais manterão a sua hegemonia (o carro) com best-sellers e apostas em autores estrangeiros. De vez em quando lá aparecerá um português. Se o vir,mande sinais de fumo! (Também aceitamos código morse com bacalhaus)
Previsões para as vanities press:
Bem nada de novo, continuarão por aí, como sempre: ricas a pedir dinheiro aos autores e estes a pagarem… As cartas não fazem milagres!
Previsões para os autores independentes ou indie para os de Cascais:
Haverá cada vez mais iniciativas de autores indie e alguns optarão pela auto-publicação em vez de dar dinheiro às vanities: ou porque são pobres ou porque simplesmente são contra as vanities, mas não arranjam forma de serem aceites por editoras convencionais.
Ainda assim os autores auto-publicados irão beneficiar sempre da ajuda dos beta readers, de forma a conseguirem um produto bom para o público. A carta dos enamorados significa que temos de para para pensar e estabelecer prioridades.
E ficam aqui as previsões para 2015, onde a única que vai mudar são mesmo os autores na nossa estante (por isso criaturas da Internet, escusam de fazer as previsões para 2015 porque para além de muita coisa mudar em 2014, a menos que tudo mude, vai ficar tudo igual!
Agora se me desculpem, vou passar para outro tópico antes que as minhas unhas crescam beyond reason e eu comece a cobrar pelas minhas previsões na SIC.

A falência da Papiro:

Vocês perguntam: ó Ruiva faliu mesmo? Sei lá eu! Aproxeguem-se prá gente fazer tricot.
Ora bem aquilo que eu sei é que no Facebook + blogue da Papiro as pessoas disseram a 26 de Agosto que iam de férias e depois PUFF! Desapareceram tipo chocapic. Esta semana pelos vistos um autor disse que depois de ter contrato assinado há um ano e pago a Papiro disse que não haveria livro… porque não havia guita! Ora bolas, para onde foi o dinheiro do autor? Pergunto eu. FOI A TROIKA, dizem vocês. Sapatos? Jantares?(se isto fosse o DN ou o JNm já estava um caramelo a dizer que a culpa era do Salazar!) Então dá-se nem que seja uns 1000€ pra edição e depois não há dinheiro? Ai se eu fosse esse autor analisava muito bem o contrato, porque a desgraçada da editora se, de facto, faliu vai ter de reembolsar o dinheiro que aceitou do pessoal, cujo livros não publicou. Ai tanto “iscândalo”!
Momento tricot over! 

Vamos para o momento de bloqueio de escrita:

Esta seman o muy querido CEO mais famoso do P3, cuja editora não é mais do que uma vanity, achou por bem ajudar os autores a ultrapassar os seus bloqueios de escrita:
O CEO diz-nos que uma coisa que podemos fazer é pesquisa criativa: ver filmes, ler livros… engraçado, pensei que isso fazia parte do nosso quotidianos de autor (ler) e de pessoa (ver filmes)… mas devo de estar enganada *volta para o bunker com candeeiro a azeite e uma pena*
 De seguida diz que devemos de apontar as ideias…. não vou discutir este ponto, porque acho que ele se enganou no título, isto não é como ultrapassar o bloquei criativo, isto é escrita para totós! Qualquer autor sabe que o Moleskine ou telemóvel é o melhor amigo e NUNCA se deve escapar uma ideia! NEVER! Sejam overattached girlfriends com as vossas ideias: têm uma, casem-se com ela, se não for grande espiga, divorciem-se passado 5 segundos.
Pronto, no terceiro ponto: Procurar uma musa… Ó CAMÕES, ESTÃO-TE A CHAMAR! Agora a sério, encontrei a minha musa

Não escreve um corno mas se a questão é inspirar… eu acho que os filmes da sra. devem inspirar bastante os autores e autoras!

 No penúltimo parágrafo, aconselha-nos a sair da rotina! Vá fazer bungee jumping, ajude os velhinhos a atravessar a rua. Não porque você quer, não. Se vocês gosta da rotina ISSO É MAU! Saia de casa, vá viver, engate alguém só para sair da rotina.
E por último viver… ainda bem que isto acabou por aqui porque se continuasse eu acho que o conselho a seguir seria: ingira muitos líquidos e alimentos sólidos e a última: respire! Saia, conviva, observe. Seja stalker, mas um stalker soci e tudo em nome da inspiração que isto não está fácil. Não entendo onde é que isto me ajuda… é que eu faço isto tudo (tirando o bungee jumping) e aind atenho bloqueios criativos!… Deve ser porque estes conselhos não têm NADA a ver com os bloqueios, mas sim must-know para qualquer pessoa que queira escrever (e os ultimos dois para quem se esqueceu de viver)! Mas não sou eu o CEO que escreve no P3.
Advertisements

2 thoughts on “Tidy Sunday

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s