Tidy Friday: digital

Argh eu sou uma pessoa horrível, disse que tinha lido só um livro mas esqueci-me da review da “Anna e o beijo francês”;

Reviews da semana:

A queda dos gigantes, Ken Follett:
Anna e o beijo francês, Stephane Perkins.

Lançamentos:

A Travessia; W. M. Paul Young

Artigos:

Como dinamizar um livro?

Advertisements

5 thoughts on “Tidy Friday: digital

  1. Cláudia says:

    Adorei a Tidy em vídeo 🙂 Foi muito divertido assistir e não pareceu nada longa. Ficas bem (unhas!), pena apenas um ligeiro zumbido no som.
    Quanto à pergunta que foi lançada, sim, já senti essa pressão. O caso mais recente aconteceu há pouco tempo. Decidi ser sincera, apontar tudo aquilo que não tinha gostado, o pouco que até tinha achado graça e enviei para a editora. Não me disseram nada, mas também não divulgaram o texto (como já seria de esperar).
    Beijinho*

  2. Madrigal says:

    eu há uns tempos atrás tinha sérias dificuldades em distinguir nas reviews que lia se a pessoa realmente tinha gostado ou apenas dizia que sim por causa das editoras.
    até que comecei a ler umas coisas que ainda não tinham sido publicadas por cá. Quando alguns desses livros chegaram cá percebi que muitos são pouco honestos, disfarçando o seu pouco apreço dizendo muitas vezes que o livro é demasiado romântico para o seu gosto ou ao contrário, que preferem historias passadas na china e não no japão onde a acção do livro tem lugar.

    Na minha modesta opinião a maioria não sabe fazer uma review ou explicam tudo o que acontece ou então engonham de tal forma que nem se percebe sobre o que é o livro.
    Quanto às editoras se prestassem mais atenção ou quisessem reviews mais honestas percebiam mais facilmente o que nós leitores portugueses queremos ler. Um livro pode fazer mt sucesso lá fora mas isso não quer dizer que isso aconteça por cá.
    Há uns meses li que o livro da Sasha Grey não tinha uma historia de amor. Nos livros eróticos é isso que atrai a maioria das leitoras portuguesas. Os livros sem esta vertente ou em que esta está pouco patente não são sucessos de vendas por cá. Por isso eu duvido que o livro da Sasha seja um sucesso por cá.

  3. Olinda P. Gil © says:

    Eu acho normal que as editoras e os autores não gostem… Não acho é normal que os bloggers entrem nesse esquema. Se a editora não soubesse de antemão que crítica ia ter, teria de arriscar enviar ao blogger… Assim… vai escolher sempre os bloggers que dizem bem e torna-se um ciclo vicioso.
    Por acaso já fiz uma má crítica a um livro (foi do género: foi tão mau que nem consegui ler). A editora não publicitou a minha crítica, mas por acaso até me voltou a enviar livros. Ter-se-à esquecido?

  4. Cristina says:

    Foi a primeira vez que vim a este blogue e gostei muito de ouvir falar sobre este assunto. Achei também muito boa a ideia de utilizar video, mesmo para quem não tenha unhas de gel :). Quanto ao assunto, o problema é que tudo isto é um negócio. As editoras querem reviews positivas para venderem mais, pois essas é que são boa publicidade. É triste que um blogger tenha que se sujeitar a essas regras se quiser receber livros gratuitos. O meu blog não tem parcerias com editoras, porque não faz sentido ter, mas sentir-me-ia muito frustrada se isso me acontecesse. Como autora, posso ser suspeita uma vez que apenas tenho textos meus publicados numa editora “vanity”, as quais não agradam a muita gente. Só há pouco tempo tenho começado a perceber essa realidade. Mas seja como for, adoraria ter muitas opiniões sinceras para poder progredir. É claro que é difícil ouvir dizer mal, mas se for uma opinião honesta e bem feita não é mais do que uma crítica construtiva. Sinceramente, se pudesse dispensar um exemplar de “O Quebra-Montras” que é o meu primeiro livro a solo, já ia a caminho desta blogger.

  5. Cata says:

    Antes de mais, desculpa só comentar agora -.-''
    Adorei a Tidy e concordo com tudo o que disseste. Respondendo às tuas perguntas, escrevo opinião e mando sempre quer seja positiva ou negativa, quer tenha sido dado pela editora ou não.
    Não daria tantos € por eróticos até porque não é o meu género de eleição, mas acho um roubo os preços praticados nalguns casos. As editoras nunca me tentaram impingir livros. Os que me deram foram livros que pedi e pedi porque achava que ia gostar. Um dos livros que pedi acabou por ser decepcionante, mas a editora compreendeu o meu ponto de vista.
    Normalmente não recebo o feedback das editoras. Só houve dois casos em que comentaram o que escrevi.

    Beijinhos*

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s