Zombies, Maria Madalena e surpresa!

Death has come up into our windows
The Zombie bible #1
Stant Litore
Editora: Dante’s Heart

Um livro que me deixou um pouco desgostosa, talvez por ter duas palavras fundamentais para se tornar num dos meus livros favoritos: Zombie e Bible! O livro é pequeno e aborrecido, talvez devido à falta de estrutura e de objectivo por parte da personagem principal. As últimas páginas dão um tom completamente diferente do aborrecido e fazem-me pensar que se calhar o segundo e terceiro estarão mais desenvolvidos com acção. Tem uma cena muito boa com o Deus Chemosh, mas de resto é um início de série morno.

A crítica em inglês: https://madwomaninattic.wordpress.com/2013/03/04/zombie-bible-i/

Daughter of Jerusalem
Joan Wolf
Editora: Worthy Publishing
(a ser editado em Abril de 2013)

Uma história alternativa da vida de Maria Madalena, desde a sua infância até à morte de Jesus. Embora as primeiras páginas fossem desanimadoras, devido ao carácter Mary Sue de Maria Madalena, com o desenrolar da história e das constantes mini-tragédias que formam o seu carácter, o livro acaba por ser uma boa leitura, mesmo para quem não é muito ligado a religião. Tem um ritmo bastante veloz, mas o mais curioso no livro é a mudança de Maria Madalena do canon para a adaptação de Joan Wolf. Uma mulher que está longe da imagem de prostituta, mas ainda assim uma mulher que erra, sofre com os erros e com as escolhas que faz e que se arrepende.

A crítica em inglês: https://madwomaninattic.wordpress.com/2013/03/08/daughter-of-jerusalem/

Prophecy
The League of Illusion #2
Vivi Anna
Editora: Carina Press
(editado a 4 de Março de 2013)
A crítica em inglês: https://madwomaninattic.wordpress.com/2013/03/12/the-league-of-illusion/

Depois da desilusão do primeiro, let us rejoice, brothers and sisters! Este segundo livro é bem melhor que o anterior, dando a ideia que Vivi Anna já se habituou à noção de Steampunk. Nota-se uma maior envolvência dos elementos do steam com a acção.Ainda falta desenvolver o worldbuild, contudo esse nunca foi o forte de Vivi Anna, confesso. Continuo leal à promessa de ler tudo da mulher (sendo um guilty pleasure), e tenho de admitir que é das poucas autoras que consegue transformar uma cena de um beijo em algo completamente romântico e que me mete as bochechas a ferver. As personagens têm pouco espaço de manobra, sendo que Rhys já conhecemos e sabemos que é teimoso e sério e Corina conseguimos simpatizar com ela por causa do espírito da sua mãe, que muitas vezes mete-se ao barulho. A química entre o casal é boa e há sempre a noção que precisam um do outro para que haja sucesso.
A única coisa que eliminava era os elfos que me pareceram deslocados e sem sentido num livro de steampunk (embora haja elfpunk, neste caso acho que não havia necessidade).
Foi um bom livro de passagem para o terceiro e talvez último livro da série, já que o primeiro termina com o falhanço e este com o sucesso da quest dos nossos heróis.
Advertisements

About Adeselna Davies

Occasionally works as an English and German teacher, also loves to read all kind of books and wish someone would pay her to read and write reviews forever. She is also a magazine designer and writes short-stories.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog stats

NetGalley Wellness Challenge

March 2013
M T W T F S S
« Feb   Apr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Goodreads

Livro do mês

Follow Illusionary Pleasure on WordPress.com

IL Buttons

%d bloggers like this: