Tidy Friday #1

AH sexta-feira! O dia em que as pessoas que ainda têm emprego em Portugal adoram. Mas antes de ir para a farra e fechar os blogues durante dois dias para noticiar à família que sim, ainda estamos vivos, vamos arrumar as prateleiras (in a very non-sexual perverted way). Na rubrica da Tidy Friday falamos sobre o que se passou durante a semana na blogosfera portuguesa, sobre lançamentos E sobre as leituras. Yup é mesmo dia de limpeza!

Os livros:

Esta semana terminei dois livros: Morde-me e Antologia de poesia e contos Só de amor. Comecei a ler o Ana Karenina, mas ainda vai demorar pelo menos mais três dias até concluir a leitura. Entretanto comecei a ler duas antologias de contos em inglês, uma organizada pelo George R. R. Martin (suprise me, bitch) e outro pelo John Joseph Adams sobre mad scientists.

A PE (Porto Editora) anunciou o segundo livro da trilogia Crossfire da Sylvia Day, para quem anda maluquinho com o 50 shades of Grey, that’s probably a big deal. Também a Porto Editora anunciou que a autora Andréa del Fuego estará/esteve presente nas Correntes D’Escritas.
A ASA mudou de Facebook e tem agora uma nova página.

O autor português Carlos Silva, acaba de lançar o seu livro em e-book de contos Urbania. O e-book custa 1,90€ e pode ser comprado através do Smashwords. Não se esqueçam de o adicionar To read no Goodreads. A capa exterior e o interior foi feito por je, moi ^_^ Espero que gostem tanto do exterior como do interior.

A blogosfera:

Para uma melhor emersão no mundo da blogosfera literária portuguesa, clique AQUI!!! e oiça a música enquanto leia o post.

A blogosfera esteve mais uma vez um caos total! E atenção não quero neste post desrespeitar ninguém, nem dar numa de moral. Estou apenas a analisar os factos que se vieram a desenrolar. Mais uma vez alguns blogues estão indignados com os silêncios constantes de algumas editoras no que toca a parcerias. Deixemo-nos de tretas, que isso não é preciso aqui na Tidy friday! Para um blogue ter sucesso terá de ter imensos passatempos (de preferência constantes), porque o que o povo quer é coisinhas de borla e as críticas são só um extra. Para haver passatempos, lamento a honestidade mas só através de parcerias com editoras. Isto porque os livros são caros e quantos de nós não estão desempregados, à rasca para pagar passe/ alimentação e isso? Por isso dependemos de parcerias.

Mas a questão que muitos dos leitores se deparam é: mas calma, como é que vocês conseguem parcerias? Não vou falar dos outros blogues, porque como sempre I should mind my own business.
Quando eu ainda não tinha parcerias notei que com a mesma divulgação, conseguia no máximo 90 visitas por dia. Yes, you read that right 90! Ora quando comecei a ter uma ou outra parceria (para divulgar autores nacionais, mostly) notei que 90 visitas só ocorriam nos dias maus e a média tornava-se 200-250 por dia! Os livros que eu lia eram mais recentes e também fazia mais divulgação. Com o tempo fiquei com bastantes livros para ler (alguns emprestados, outros de editoras), mas no fim (lá para Novembro) apercebi-me de uma coisa. Por muitos livros que eu estivesse a ler e a criticar como sempre o fiz, havia outros livros de não parcerias que eu queria ler. Livros em inglês, mangas online e em papel, livros de contos, etc. Claro que receber um livrinho no carteiro (e muitos dos livros que eu recebo são ou sugestões das editoras, ou com a PEA tenho a sorte de ser eu a escolher os livros que quero ler e mesmo assim tenho aqui imensos livros deles do tempo da minha mãe para ler).

Tudo isto para dizer que esta luta entre blogues para exemplares, first of all is DUMB and second is pointless. As editoras dizem que estão em crise e vão limitar a um exemplar por blogue por mês. Aqui, a gente concorda, apoia e acha que assim é que deve ser. Imaginem o que é dar 5 exemplares a um blogue e os outros ficarem a chuchar no dedo, porque aquele blogue foi o primeiro a pedir o livro. Apoio também a decisão das editoras de começarem a dar e-books, em vez de livros físicos. Porquê? Simples. Quando se dá um livro, se gostarem muito escusam de comprar. Ou seja a editora acabou por perder 15€ ou alguns casos 20€. Se derem o e-book e se a crítica for positiva – o blogger tem de comprar o livro físico. Se não gostar, escusa de comprar o livro pois já viu que a história não lhe interessa e escusa de se desfazer dele: dar à avó, à mãe (I did this with one of mine), whatever, really.

Claro que é verdade que muitos blogues hoje em dia são criados sem a mínima formação para o fazerem. E vocês dizem: Ruiva, é só um blogue, tá? Shut up and lemme finish. Muitos dos blogues limitam-se a cinco parágrafos de sinopse extensiva (para complementar a sinopse já longa das editoras) e depois um parágrafo sobre as personagens, história etc. Ora qualquer pessoa pode fazer isso, oui? Sim, certo. Aliás a minha irmã de 14 anos consegue fazer mais para as fichas de leitura da escola (sorry, guys it’s the truth). Então criam-se blogues por amor à leitura? Spare me your lies. It’s all about free books, actually. As pessoas vêm blogues com este esquema a terem 1001 parcerias e pensam “hey se ela faz e eu consigo fazer o que ela faz, vou fazê-lo também!”. Which is wrong! Muito errado mesmo. Porque na verdade temos 1001 blogues com o mesmo esquema de “opiniões” a dizerem quase todos o mesmo de forma diferente, com palavras diferentes, com medo de ferir os sentimentos dos autores QUE NEM SEQUER LÊEM A PORRA DAS OPINIÕES POR ESTAREM EM PT! Porque na verdade os bloggers não querem é ferir os sentimentos das editoras (juro se alguém comentar aqui a dizer: ai eu não sou assim! Eu clicar no vosso blogue e vir que são, levam um tiro!). É assim tão difícil admitir: sim, eu não tenho dinheiro para ler, por isso quero parcerias porque senão o meu blogue morre? Eu acredito que a leitura não deve ser para elites, mas para todos. Tens um blogue e por acaso ficaste desempregada e não consegues ler e para o manteres precisas de parceria? Fine! Go ahead and try your luck.

Claro que depois a responsabilidade é das editoras. Se eu trabalhasse numa editora não dava metade das parcerias que elas dão actualmente. Para quê dar livros a blogues que se vendem por um livro? E, sim lamento mas dá para ver na forma como vocês escrevem, sorry guys eu não estudei literatura durante 4 anos para não notar estas coisas. Se querem um blogue de literatura ao menos que seja realmente sobre literatura e não sobre o que achamos do livro. Um caso muito simples: Anne Bishop. Achei o primeiro livro dela uma seca tremenda, sabem porquê? porque li em mil blogues que aquilo era melhor coisa a ser inventada desde o sexo! Pensei: uau, quero ler. Comprei o livro e quando vi que aquilo afinal não era NADA de especial, senti-me defraudada! Depois falei com amigas minhas que gostaram de Bishop e disseram “Eu gostei, mas admito que não é nada de especial é mesmo uma questão de gosto.” É como 50 shades of Grey, há pessoas que admitiram que o livro era mau, mas que gostaram (fine, a sério, li opiniões muito boas que explicavam o porquê de gostarem e as falhas) e li opiniões onde tentavam convencer o leitor que o livro era profundo e complexo. Ora se uma pessoa lê a segunda opinião, compra o livro e lê aquilo… a primeira coisa que pensa é: eu nunca mais volto aquele lugar!

Por isso, one last note: não importa se os vossos blogues têm 5 anos, 2 anos ou meses. Não importa se têm 3000 visitas por dia ou 50. O que importa é o que se escreve e como está escrito. Sigo blogues que têm meia dúzia de seguidores e nem chegam às 50 visitas por dia, mas que são blogues bons, verdadeiros e servem os seus leitores e a Literatura e não as editoras. O vosso blogue é o vosso blogue! Se as editoras não vos mandam livros, paciência! Se os vossos 500 seguidores só vos seguem pelos passatempos, não têm um blogue orientado para literatura, mas para passatempos. Por isso parem de andar ao murro e com indirectas e bocas, que isso não vos leva a lado nenhum. Look at me, tenho parceria com uma editora que nunca me enviou uma resposta a um e-mail! Leio os livros deles porque os outros blogues têm espírito solidário e me emprestam! Fiquei mais ferida com a editora por me ter mentido uma vez, do que por não me dar livros. Vejo eles todos os meses a darem livros a N blogues, menos a mim. Não faço posts sobre isso e manifesto apenas o sentimento quase de engano por pensar que ia ser uma troca justa e não foi. Mas a vida é assim. Continuo a ler, como você vêm, continuo a divulgar os seus livros. Lá porque tenho parcerias não quer dizer que eu todos os meses tenha de ler livros deles. Simplesmente divulgo as obras e se alguma me interessar peço.

Construam o vosso blogue como vocês querem, não como as editoras ditam!
Se as editoras mandaram vir… their loss! Elas é que perdem publicidade. Elas é que perdem, não são vocês. O vosso blogue continua como vos apetecer. 
Sou sincera, há muitos blogues que me pedem para ser seguidora para participar e eu não sigo! Não quero saber se perco X livros por ano em passatempos, não vou seguir um blogue que se diz de livros só pelos passatempos.
Mas se quiserem seguir o meu blogue porque secretamente adoram ruivas, go ahead and here’s a kitty with ducks!
So this was Tidy Friday! Hopefully tudo está arrumado (e ainda estou com menos 10kg). Espero que para a semana o ar esteja menos pesado e isto serviu para muitos de vocês reflectirem.
PS: Irei eliminar comentários que contenham insultos ^^ Quero que as pessoas (tanto os bloggers, como os leitores E editoras) pensem, não que continuem a acusar-se e a serem individualistas.
Advertisements

24 thoughts on “Tidy Friday #1

  1. Elizabete Cruz says:

    Adorei a imagem alusiva aos pokemons :p

    E não vou falar neste assunto, acho que já está mais que falado. Acho que cada um tem a sua consciencia e sabe o que quer fazer dos seus blogs. E claro, como tu disseste, qualidade não é quantidade, e eu própria sigo blogs que nem por isso tem muitos seguidores, e adoro-os.

    BTW, gostei da rubrica 😀

  2. Lazy Cat says:

    É isto que gosto em ti, dizes o que tens a dizer e acabou.
    Não sigo o teu blog, porque apesar de gostar de livros, não ligo nenhuma nem tenho paciência para blogues muito dedicados. Quer dizer, a não ser que sejam sobre algo que realmente me interessa. Portanto… não me interesso assim tanto quanto isso por literatura. Oops! Enfim… Vá, vou indo, que não estou aqui a fazer nada. lol

  3. Ray* says:

    Ahahah, bom… eu vesti o colete de balas. Just in case 🙂

    Primeiro: MUITO BOM POST. Parabéns 🙂 E adorei as imagens e os gifs aahahah
    Se eu não soubesse o que se tivese passado, ficaria a saber o essencial, o que é positivo!

    Segundo: vale de alguma coisa dizer que já não me interesso em fomentar parcerias (com editoras)? É que não tenho nenhuma e passei a ter a máxima de me recusar a ter, por muito que me custe comprar os livros de momento, visto que subsidio de desemprego foi-se, emprego não há, faculdade chupa tudo o que tenho… mas pronto.

    Terceiro: empréstimos ao ataque. É triste, é mau para o mercado, mas baixem a porra dos preços. Se o fizessem, haveria mais gente a poder comprar. Estou a escrever um Devaneios sobre isso e estou para ver a guerra que vai despoletar, mas pronto… Se a pessoa não tem dinheiro e quer ler – e recusa-se a ter parcerias como eu – o que fazer? Ou rouba, ou pede emprestado ou vai à biblioteca. O primeiro está fora de questão e é contra os meus princípios. Não gosto de ver a vida aos quadradinhos (excepto em BD's – que leio poucas). A segunda agrada-me, se bem que só em certa parte. A terceira… bibliotecas aqui na minha zona… nenhuma.

    Por isso: empréstimos 🙂

    Adorei o post, Ana.

    Quanto à qualidade dos blogs, sim… e a qualidade não passa só por saber como escrever uma opinião (e, repara, refiro-me a opiniões e não a críticas, porque é o que a maioria faz, eu incluída. Críticas literárias é o que tu fazes na maior parte das vezes, salvo quando dizes o contrário e nos alertas para isso). Como eu estava a dizer, não passa só por saber escrever BEM opiniões.

    Eu estou a tentar aprender, de forma auto-didacta. É difícil, mas esforço-me para isso. Talvez um dia consiga chegar aos teus calcanhares (só a pontinha) no que toca a escrever críticas, mas nunca vou desistir de tentar melhorar.

    E, pronto, por agora é só, porque vais ficar cheia de pessoas que vão dizer o mesmo, tal como referiste no post. Eu falei com a sinceridade com que sempre falo. Se acreditam, ou não, é um opção de quem ler este comentário 🙂

  4. Leitura Não Ocupa Espaço says:

    Começo a ficar farta destas conversas sobre blogues e bloggers.. em como uns fazem isto e outros fazem aquilo.. uns têm outros não… que quem tem é vendido, e quem não tem é integro… bem, no início tinha piada, agora é simplesmente triste.
    Eu gosto do meu trabalho (leia-se blogue, pois de momento faço parte do clube dos desempregados), e luto todos os dias para o manter e continuar a desenvolvê-lo à maneira que a MIM me parece correcta, não podendo estar mais feliz com o resultado.
    Tento manter-me à parte deste cenário dramático, pois não me quero rotular ou juntar a alguma facção, mas vá lá people… JÁ CHEGA! parecem as velhinhas, sempre a “moer” o mesmo assunto… é que nem a minha avó de 74 anos é assim!
    Let's all kiss and hug e esquecer estas rivalidades.
    Acima de tudo, cabe a nós, bloggers, não alimentar esta situação (sim, eu sei que vão chover comentários menos favoráveis a esta frase, mas como disse aqui a Ana, este post serve para fazerem uma reflexão e começarem a jogar em equipa, não para insultarem ou desrespeitarem alguém só porque este/a não partilha do vosso ponto de vista).
    Vou dar-vos exemplo:
    Recentemente houve uma confusão de identidades numa editora, que me colocou numa situação constrangedora com outra blogger… essa menina procurou saber apenas a minha área de residência, e por eu ser blogger, começaram a fantasiar ideias mirabolantes, que punham a minha reputação em questão… foi por isso que fui discutir a questão em hasta pública? nop, dirigi-me 'a menina, e juntas resolvemos a situação, pois esta era bem simples… mas anda toda a gente tão “vidrada” nestes teatros entre blogues, que colocaram logo as garras de fora, na expectativa de ser mais um escândalo… lamento se vos desiludi LOL
    Enfim, tudo isto para vos dizer que tínhamos tudo para sermos uma big happy family.. é uma pena que assim não seja, mas não perco a esperança 🙂
    Todos começamos do zero, todos estivemos no mesmo ponto, um dia, nunca se esqueçam disso.
    Ana gostei da forma como resumiste as notícias da semana, gostaria de ter essa tua capacidade, mas sou claramente uma “menina de letras”, e resumos não são o meu forte x)
    p.s. – aquilo é uma imagem de um jogo do Pokémon para a gameboy?? :O aos anos que não via uma coisa daquelas… estou mesmo a ficar velha -.-'

  5. Elphaba J. says:

    Resumo da semana 5*****, gostei e quem me dera para paciência para fazer algo do género. Não tenho nunca vou ter.

    Ao estilo dos “Blogueiros anónimos”:
    – Olá o meu nome é Joana.
    (Altura em que respondem: OLÁ JOANA!)
    – E tenho um blogue comercial, direccionado para divulgações e opiniões com apoiadas por editoras.
    (Momento em que começam a lacrimejar…)
    – Confesso que direcciono as minhas opiniões para o público-alvo e, regra geral, foco-me nos aspectos positivos de cada obra.
    (Compadecem-se, sentem que já passaram pelo mesmo.)
    – A última vez que pequei nas letras foi há 1 hora e aproximadamente 30 minutos.
    (Sentem uma vontade imensa de me ajudar.)
    – E não tenho vontade de mudar.
    (Vocês chocam-se e eu retiro-me.)

    Este comentário foi muito triste, eu sei *.*
    Boas leituras!

  6. nuno chaves says:

    Olá Joana… Será a altura de eu dizer…
    – Olá eu sou o Nuno…
    Se soubesses as Madalenas Ofendidas, que esta semana ficaram chocadas num artigo em que escreves-te “subscrevo” por baixo.
    Ficaram chocados, ofendidos e deixaram-me de falar!
    oh! meus Deus! que insensatez a minha! a sinceridade, essa coisa horrorosa!

  7. p7 says:

    Não sei o que aconteceu, e nem quero saber… seriously? Discussões por causa de parcerias? *facepalm* Obrigada pela tua honestidade, pode ser que abra olhos. Ou não. As pessoas às vezes insistem em comportamentos ridículos.

    É por estas e por outras que não me meto em parcerias. São os meus livros, o meu tempo de leitura, o meu blogue, faço com eles o que me apetece. Faço um esforço para ir melhorando aquilo que escrevo, e ainda há pouco notei que estou a escrever mais (quase o dobro, eu escrevia pouquinho no início) do que quando comecei, e esperançosamente de maneira mais articulada. That's it. Não vale a pena matar-me por causa disto. Adoro ler e blogar, mas sem dramas, por favor.

  8. Chaise Longue says:

    Minha irmão gémea…Ruiva adorada…para ti

    *Vénia profundíssima*

    Não sei o que se passou, não quero saber (o bom de andar a leste de certas coisas!), adeus dramas!
    por isso só tenho a dizer BRAVO!

    P.S Eu sigo o blogue por seres uma ruiva sexy e a minha irmã perdida *.*

  9. Adeselna Davies says:

    Há uma diferença XD A Bishop reconheço que só dei 3 estrelas ou duas por causa das expectativas. Mas quero voltar a ler algo dela. As 50 sombras estão enterradas no quintal de minha casa XD Para de lá nunca mais saírem.

  10. Thanatos says:

    Eu até seguiria o teu blogue se começasses a ter mais videos com a cadeirinha a andar à roda. E o Adolfo no colo. Mas como preferes vir remoer como as comadres e escreveres que és sô dôtora e por isso tu é que sabes de Literatura já não te sigo. Não vou ser pato atrás do gato.

  11. lerporgostonaocansa says:

    Ahahah o que eu me ri e tanto que tu escreveste. Vai ser assim todas as sextas? I'm In =p

    Bem, eu como tenho um blog de cada especie já nem me defendo ou tento dizer algo. Vocês conhecem me e conhecem os meus blogs por isso… coiso… (muito eloquente eu sei)

    Ah ainda bem que gostaste do Morde-me (como ja comentei na tua op) =) tens cá muitos mais. Posso ser a tua editora parceira =P só que em vez de tos dar empresto eheheh =) e em troca tu arranjas me ebooks que eu nao consigo arranjar em mais lado nenhum. Não sei onde tu e a mafi vão, mas quero la ir!

    Em relação ao resto, PEACE. Ah, em Março vamos ter la no blog outro Duelo de Titas. Que tal o pessoal ir la descarregar a animosidade e animar-se um pouco? a tematica sao romances paranormais (sorry a publicidade)

  12. Telma T. says:

    Epá, concordo totalmente. O meu blogue é o meu blogue e acabou. Ainda considerei parcerias mas rapidamente perdi a vontade quando percebi o trabalho que isso implicaria. Gosto de ler e falar sobre o que leio mas tenho a perfeita noção que não sou genial nem que consigo ler tão depressa para estar a par de todas as novidades que ter parcerias me exigiria.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s