hush, hush

hush, hush
(ebook)
Becca Fitzpatrick
Editora: Simon & Schuster
549 Páginas

Nora Grey é uma adolescente normal, que vais às aulas, às compras e tem um interesse especial em inventar desculpas através dos trabalhos de casa ou de testes para escapar a algumas situações. Numa aula de biologia quase no fim das aulas, o professor troca todos os lugares da turma para uma experiência interessante sobre o sexo oposto e as leis da atracção – Resultado: Nora terá de se separar da sua melhor amiga Vee, para se sentar ao lado de um rapaz bastante anti-social chamado Patch. Patch é um rapaz atrevido, provocante e bastante misterioso, contudo isso não impede Nora de estar insatisfeita com o seu novo parceiro que parece completamente desinteressado com o seu trabalho, mas não na sua nova parceira.

Li algures que este livro era parecido com o “Twilight”. Embora existam algumas semelhanças na sequência da narrativa, penso que as escritoras aprenderam com os erros da Stephanie Meyer. Nora não é de todo “tapadinha” e chega a pensar que Patch é um “stalker”. A sexualidade também não é algo tabu. Por um lado Edward Cullen parece afastar-se de Bella com medo de a magoar, por outro Patch é completamente o oposto: quer aproximar-se de Nora com fim de a matar. Esta relação que não é relação nenhuma acaba por criar uma narrativa de perigos e atracções perigosas que levam o leitor mais jovem a identificar-se com um tipo de rapaz mais “bad boy” do que propriamente o vampiro que brilha e é carinhoso.
Engraçado também de se notar o facto de as raparigas não usarem maquilhagem ou pelo menos os rapazes dizem sempre que as raparigas ficam melhor sem maquilhagem. Se uma rapariga usa produtos para querer parecer mais bonita ou simplesmente diferente, acho que temos todo o direito de os usar. Se me disserem: mas a beleza natural é melhor, concordo com a afirmação. Contudo cada pessoa veste-se e usa aquilo que julga mais bonito.
O livro tem falhas e não é propriamente o ex-libris da literatura, mas serviu para me entreter durante 3 horinhas enquanto estava a apanhar uma seca. Por isso cumpriu a sua função. Via haver provavelmente uma sequela, já que agora queremos ver como é que a relação de Nora e Patch evolui.
E já agora este foi o primeiro livro que li totalmente no computador. Pensei que não ia conseguir ler, mas o formato foi bastante bom, com letras grandes, espaçamento bom o que só facilitou a leitura. Pode ser que um dia compre um “Kindle” 🙂
Advertisements

About Adeselna Davies

Occasionally works as an English and German teacher, also loves to read all kind of books and wish someone would pay her to read and write reviews forever. She is also a magazine designer and writes short-stories.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog stats

NetGalley Wellness Challenge

July 2010
M T W T F S S
« Jun   Aug »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Goodreads

Livro do mês

Follow Illusionary Pleasure on WordPress.com

IL Buttons

%d bloggers like this: